Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Bispo Fernando Lugo recebe dispensa do Vaticano para ser presidente do Paraguai

O bispo católico e chefe de Estado eleito Fernando Lugo recebeu uma dispensa do papa Bento XVI para exercer a Presidência do Paraguai a partir de 15 de agosto, informou oficialmente o representante da Santa Sé, Monsenhor Orlando Antonini, nesta quarta-feira.

AFP |

"O Santo Padre concede a perda do estado clerical, com todas as obrigações, como sacerdote e bispo do Verbo Divino", disse Antonini em declarações a jornalistas.

O núncio apostólico fez o anúncio depois de visitar o mandatário em seu gabinete provisório estabelecido antes de assumir o governo.

Explicou que o ex-bispo emérito da diocese de São Pedro, solicitou à Santa Sé a perda do estado clerical para se candidatar às eleições de 20 de abril.

Lugo venceu as eleições com 40% dos votos, derrotando Blanca Ovelar do Partido Colorado (30%), partido político que deixará o poder depois de 61 anos ininterruptos.

"A Santa Sé depois de ter tentado dissuadir o monsenhor Lugo para que não se candidatasse à Presidência da República o suspendeu do exercício sacerdotal", ressaltou.

A dispensa do Papa concede ao bispo seu retorno ao estado laico, que lhe dá o direito de receber os sacramentos como católico, mas com a perda de seu estado clerical. (Não pode administrar os sacramentos como os religiosos).

Antonini afirmou que se Lugo voltar a pedir sua incorporação à Igreja como bispo ao término de seu mandato de 5 anos, "o caso deverá voltar a ser analisado" pela Santa Sé.

hro/dm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG