Bispo britânico recomenda evitar água benta por pandemia de gripe suína

Um bispo britânico aconselhou as igrejas do país que não encham mais a pias de água benta para evitar a propagação de gripe suína, que já provocou 17 mortes no Reino Unido.

AFP |

"Algumas igrejas têm uma pia de água benta perto da porta de entrada, e as pessoas são convidadas a molhar os dedos e se benzer como lembrança de seu batizado", escreveu o bispo de Chelmsford, reverendo John Gladwin, em uma série de orientações enviadas aos sacerdotes da diocese de Essex.

"A água contida nas pias pode facilmente se transformar em uma fonte de contaminação e em um meio para que o vírus (da gripe suína) se propague rapidamente", destacou. "Esta prática deve parar".

O bispo estimou que as pias de água benta só devem voltar a ser utilizadas quando a ameaça da pandemia tiver passado, e aconselhou que "apenas o sacerdote beba o vinho do cálice".

O bispo anglicano também sugeriu aos sacerdotes que recomendem a seus fiéis que fiquem em casa se apresentarem sintomas de gripe, e evitem visitas à casa das pessoas. Em caso de necessidade, instruiu os sacerdotes a usar gel esterelizante, luvas e máscaras cirúrgicas.

"Não é nossa intenção neste momento provocar pânico ou exagerar a gravidade da situação", destacou Gladwin.

elm/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG