Bird vai liberar mais de um bilhão de dólares para lutar contra a malária

O Banco Mundial (Bird) anunciou nesta quinta-feira a liberação de uma verba de 1,1 bilhão de dólares para lutar contra a malária na África, durante uma reunião sobre as Metas do Milênio em Nova York.

AFP |

O Bird já se comprometeu a liberar para este fim 470 milhões de dólares, destinados a 19 países do continente africano. Este programa de combate à malária foi lançado em 2005.

O presidente do Bird, Robert Zoellick, declarou que "a malária constitui um obstáculo ao desenvolvimento para os povos e os países mais pobres".

Esta nova ajuda financeira ajudará os países africanos a melhorarem suas técnicas de prevenção, acompanhamento e tratamento das doenças.

Zoellick ressaltou que o Bird priorizará os dois países mais abalados pela malária, a República Democrática do Congo e a Nigéria, que reúnem 30% a 40% das mortes anuais em todo o mundo.

Os dois países se preparam para lançar um plano de distribuição de mosquiteiros mergulhados em inseticida, sobretudo nas regiões rurais mais pobres.

mes/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG