Bird quer relançar campanha para salvar os tigres ameaçados

O Banco Mundial lançou um projeto que visa a frear a dramática diminuição da população selvagem de tigres, uma espécie em perigo e com aproximadamente 4.000 exemplares com vida, basicamente na Ásia.

AFP |

A iniciativa para a proteção dos tigres começará com negociações com os países com uma forte população desses animais. Os objetivos serão avaliar os fundos necessários para a preservação, identificar as fontes de financiamento e mobilizar os recursos para a proteção da espécie.

Segundo presidente do Bird, Robert Zoellick, a crise dos tigres supera as capacidades locais e as fronteiras nacionais.

No entanto, o projeto já foi questionado por associações que atuam na proteção dos tigres na Índia, país com maior população selvagem desse animal.

Essas associações se mostraram céticas, já que reprovam o Bird por sua particpação em projetos na Índia que tiveram impacto sobre a fauna e a flora, como a construção de estradas.

A quantidade de tigres diminuiu de mais de 100.000 há um século para 4.000 atualmente, devido à perda de presas e habitat frente ao desenvolvimento descontrolado e à caça ilegal na Ásia.

A Coalizão Internacional para o Tigre (CIT), que agrupa 39 membros e busca pôr fim ao comércio internacional desse animal, pediu ao Bird que contate os países envolvidos sobre a proteção da espécie.

O Banco Mundial pretende organizar a cúpula "O ano do tigre" em 2010.

pp-str/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG