Bird diz que países pobres precisam de 11,6 bilhões de dólares

O Banco Mundial (Bird) afirmou nesta quarta-feira em relatório às nações ricas e emergentes do G20 que os países pobres precisam de 11,6 bilhões de dólares para financiar despesas fundamentais.

AFP |

"Os países mais pobres precisam de 11,6 bilhões de dólares para garantir o financiamento de setores cruciais como a saúde, a educação, a proteção social e as infraestruturas", afirmou o Bird.

"Se esta quantia não for paga, os sucessos conquistados até agora para reduzir a pobreza e assentar as bases de um desenvolvimento de longo prazo ficarão prejudicados", explicou o Bird neste documento intitulado "Proteger os progressos: as dificuldades que esperam os países de baixos recursos na recessão mundial".

"Embora os países mais pobres não sejam bem representados no G20, não podemos ignorar as consequências no longo prazo da crise mundial sobre a saúde e a educação destes povos", declarou em comunicado o presidente do Bird, Robert Zoellick.

"Os pobres e os mais vulneráveis" podem muito facilmente ser vítimas da crise, continuou. "Famílias caem na pobreza, as condições sanitárias pioram, a manutenção das escolas fica cada vez mais precária e os progressos realizados em outros setores cruciais são aniquilados ou derrubados".

Os dirigentes dos países do G20 devem se reunir na próxima semana em Pittsburgh (Pensilvânia, leste dos EUA) para discutir da melhor maneira de solucionar a crise econômica.

Nesta quarta-feira, em teleconferência, Zoellick avisou que "não se pode enganar as pessoas afirmando que a recuperação econômica está chegando".

No relatório, o Bird lembrou a promessa formulada pelos países ricos na última cúpula do G20, em abril passado em Londres, de liberar 50 bilhões de dólares de ajuda para os países pobres.

hh/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG