Redação Internacional - O líder da Al Qaeda e considerado o inimigo número um dos Estados Unidos, Osama bin Laden, apelou ao presidente dos Barack Obama para que use todo seu poder para deter as guerras no Iraque e no Afeganistão, em mensagem de áudio divulgado hoje em um site islamita.

O vídeo, intitulado "Uma declaração para o povo americano", foi acompanhado de uma fotografia fixa de bin Laden e uma mensagem de áudio de 10 minutos.

Reuters

Osama Bin Laden

Na gravação se justifica a luta contra o povo americano por seu apoio a Israel, sobre o qual são feitas contínuas referências.

"O tempo chegou para que vós vos libertei do medo e da ideologia terrorista dos neoconservadores e do lobby israelense", destaca a voz da fita.

"A razão de nossa luta contra vós está no apoio a vosso aliado Israel, que ocupa nossa terra na Palestina", assinala a voz que se supõe seja a de Osama bin Laden.

O vídeo foi divulgado três dias depois do oitavo aniversário dos atentados do dia 11 de setembro de 2001 nos EUA.

A última mensagem dos principais dirigentes da Al Qaeda divulgada em um site, a maioria foros de debates de grupos radicais islâmicos, foi gravada pelo "número dois" da Al Qaeda, Al-Zawahiri, no dia 28 de agosto, e nela falava sobre a guerra no Paquistão e no Afeganistão.

Leia mais sobre: Osama Bin Laden  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.