Bin Laden exorta Europa a retirar tropas do Afeganistão

DUBAI (Reuters) - O líder da Al Qaeda Osama bin Laden exortou as nações europeias a retirar suas tropas do Afeganistão em uma nova gravação de áudio divulgada nesta sexta-feira. Não estamos exigindo nada injusto. É justo que vocês ponham fim à injustiça e retirem seus soldados (do Afeganistão), disse ele na fita, publicada na internet com uma foto de Bin Laden ao fundo e legendas em alemão e inglês.

Reuters |

"Uma pessoa inteligente não se desfaz de suas crianças e sua riqueza em nome de uma gangue em Washington", disse Bin Laden.

"É vergonhoso ser parte de uma aliança cujo líder não se importa em derramar o sangue de seres humanos bombardeando vilarejos intencionalmente", disse ele, referindo-se às mortes de civis em ataques com mísseis contra militantes do Taleban no Afeganistão e no Paquistão.

"Se vocês tivessem visto (os assassinatos em massa) de seus aliados norte-americanos e seus auxiliares no norte do Afeganistão, entenderiam os eventos sangrentos em Madri e Londres", disse o saudita, mencionando os ataques às duas capitais europeias em 2004 e 2005 respectivamente.

A Alemanha, que realiza eleições parlamentares no final de semana, tem 4.200 soldados servindo nas forças da Otan no Afeganistão.

Três vídeos foram postados na Internet na última semana nos quais um mensageiro da Al Qaeda, identificado pelo ministro do Interior alemão como o germano-marroquino Bekkay Harrach, diz que a Alemanha vai pagar se os eleitores apoiarem um governo que incentiva as tropas.

A última mensagem de Bin Laden havia sido dirigida ao povo americano poucos dias após o oitavo aniversário dos ataques do 11 de setembro.

(Reportagem de Firouz Sedarat)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG