Bin Laden está no noroeste do Paquistão, diz oficial da Otan

Segundo fonte militar, líder da Al-Qaeda e o número 2, Ayman al-Zawahiri, seriam protegidos por autoridades paquistanesas

iG São Paulo |

undefined
De acordo com oficial da Otan, o número 1 da Al-Qaeda seria protegido pela inteligência paquistanesa (foto de arquivo)
A aliança ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) trouxe à luz uma nova informação sobre o líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden. De acordo com fontes militares da aliança, o número 1 da rede islamita e o numero 2 da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, estariam escondidos em casas diferentes no noroeste do Paquistão.

“Ninguém da Al-Qaeda está vivendo em uma caverna”, disse um oficial da aliança, sob anonimato, à rede de TV CNN.

Diferentemente do que se acreditava, o líder da rede terrorista estaria vivendo em condições confortáveis, protegido por forças locais e alguns membros dos serviços de inteligência paquistanês, relatou o oficial. O governo do Paquistão, no entanto, nega qualquer alegação de que esteja protegendo líderes da Al-Qaeda.

Área

Segundo o oficial, a região onde Bin Laden estaria escondido nos últimos anos vai da montanhosa área de Chitral, no extremo noroeste próximo à fronteira chinesa, até o vale do Kurram, na vizinhança de Tora Bora, um dos principais redutos do Taleban durante a invasão americana no Afeganistão, em 2001.

Tora Bora é também a região para onde se acreditava que Bin Laden teria escapado durante um bombardeio americano, no fim de 2001. Desde então, as forças americanas não conseguiram confirmar qualquer evidencia na área de Bin Laden ou Zawahiri nos últimos anos.

A região do Waziristão do Norte, nas montanhas da fronteira entre Afeganistão e Paquistão, é apontada como bastião dos talibãs afegãos e da Al Qaeda.

Mulá

De acordo com o oficial da Otan ainda o líder taleban no Afeganistão, mulá Omar, teria se mudado para uma área entre as cidades paquistanesas de Quetta e Karachi nos últimos meses.

Várias autoridades americanas, entre as quais a secretária de Estado Hillary Clinton, afirmaram recentemente que Bin Laden estaria escondido nas zonas tribais do noroeste do Paquistão. Nesta segunda-feira, segundo a CNN, o ministro do Interior paquistanês, Rehman Malik, lembrou que relatórios similares sobre o paradeiro de Bin Laden e mulá Omar se provaram falsos no passado.

    Leia tudo sobre: bin ladenzawahiripaquistãoafeganistãootan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG