Bill Gates pede otimismo na luta contra a pobreza

Nações Unidas, 25 set (EFE) - O co-fundador da Microsoft e um dos maiores filantropos do mundo, Bill Gates, disse hoje ser apaixonado pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e pediu que as pessoas mantenham o otimismo na difícil luta contra a pobreza. Em discurso na cúpula da Assembléia Geral da ONU sobre os Objetivos do Milênio, Gates afirmou que estes representam a primeira vez que a humanidade focou a atenção em medir o trabalho que realiza para melhorar a vida dos mais pobres. Esta é minha avaliação: Sou apaixonado pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que são uma das melhores idéias para lutar contra a pobreza que vi em minha vida, assegurou. Ele reconheceu que o progresso em algumas das oito metas é decepcionante, mas advertiu de que a decepção não pode se transformar em desalento. Certamente que não é perfeito, mas discordo daqueles que somente olham o lado da decepção e tentam atribuir culpas, destacou. Gates reservou parte de seu discurso para destacar as possibilidades que representam as pesquisas científicas que tentam encontrar grandes avanços no campo da saúde global, como foi em seu tempo a vacina da varíola. Ele citou os trabalhos científicos para obter novas vacinas veterinárias fáceis de administrar ao gado dos países em desenvolvimento, conseguir sementes de milho resistentes à seca e a busca de um antídoto para a malária. As oportunidades no campo da pesquisa são assombrosas e os Objetivos de...

EFE |

EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG