Bill Clinton informou Casa Branca sobre viagem para a Coreia do Norte

Washington, 6 ago (EFE).- O ex-presidente americano Bill Clinton informou um membro do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca sobre sua recente viagem para a Coreia do Norte, disse hoje o porta-voz da residência oficial americana, Robert Gibbs.

EFE |

Gibbs disse hoje que Clinton começou a informar a Casa Branca sobre sua viagem à Coreia do Norte na quarta-feira à noite, horas após voltar para os EUA.

Clinton retornou aos Estados Unidos acompanhado das jornalistas Laura Ling e Euna Lee, detidas em março na fronteira entre Coreia do Norte e China e que Pyongyang libertou após negociações conduzidas pelo ex-presidente.

A missão diplomática do ex-presidente representa o primeiro contato de alto nível com a Coreia do Norte em quase uma década.

O porta-voz da Casa Branca também comunicou que o presidente dos EUA, Barack Obama, se reunirá com Clinton para falar sobre a viagem, mas não falou quando acontecerá o encontro.

"Estamos tratando de coordenar os horários de dois homens ocupados", ressaltou Gibbs.

O jornal "The Wall Street Journal" informou em sua edição de hoje que Clinton falou sobre uma ampla gama de temas durante seu encontro com o líder norte-coreano Kim Jong-il.

Segundo o "Journal", Clinton disse ao Governo norte-coreano que o país poderia se beneficiar da libertação dos cidadãos sul-coreanos e japoneses presos na Coreia do Norte.

A Casa Branca se recusou a falar mais sobre a visita de Clinton à Coreia do Norte e se limitou a dizer que sua viagem tinha natureza humanitária e não incluía uma mensagem de Obama a Pyongyang.

"Vamos continuar dando os passos necessários para fazer com que as resoluções do Conselho de Segurança (das Nações Unidas) sejam respeitadas para garantir que não há proliferação de armas de destruição em massa por parte dos norte-coreanos", concluiu Gibbs.

EFE tb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG