Bilionária deixa mais de US$ 5 bilhões para entidades que cuidam de cães

Nova York, 2 jul (EFE).- A multimilionária americana Leona Helmsley, que, ao morrer, deixou para sua cachorrinha Trouble US$ 12 milhões, também determinou em seu testamento que grande parte de sua fortuna, que supera US$ 5 bilhões, seja destinada aos cuidados de outros cachorros.

EFE |

A imprensa local informa que Leona, que tinha 87 anos e morreu no ano passado, incluiu em seu testamento, em 2003, um anexo no qual indicava que a parte de sua fortuna que não fosse deixada ao animal e a alguns familiares deveria ser destinada a obras beneficentes voltadas "ao cuidado e bem-estar dos cachorros".

Ao elaborar seu testamento, a rica empresária, conhecida como a "Cruella de Vil" de Nova York, decidiu que a maior parte de sua fortuna seria revertida em ajuda aos indigentes e para cuidar de cachorros, mas, um ano depois, alterou o texto e eliminou a primeira parte.

Pouco depois da morte da multimilionária, foi divulgado que ela tinha deserdado dois de seus quatro netos, explicando a ação com a seguinte frase: "eles sabem o porquê".

No entanto, tinha determinado que seu pequeno maltês branco herdaria US$ 12 milhões, uma decisão que, além de ocupar as capas dos jornais nova-iorquinos durante dias, fez com que, inclusive, a cachorrinha recebesse ameaças de morte.

Para protegê-la, Trouble foi enviada a um hotel de luxo na Flórida, onde conta com um serviço especial de segurança.

Nesse dia, a imprensa local publicou que a fortuna de Helmsley, em boa parte herdada de seu ex-marido Harry Helmsley, possuía cerca de US$ 2,3 bilhões em ativos, ao que se somaria o valor de entre US$ 3 bilhões e US$ 6 bilhões que poderiam incluir imóveis.

Uma juíza de Nova York decidiu recentemente retirar US$ 10 dos US$ 12 milhões entregues a Trouble e distribuir parte deles entre os dois netos deserdados pela idosa, ao considerar que a milionária não estava em plenas faculdades quando elaborou suas últimas vontades.

EFE mgl/bm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG