Biden minimiza risco de derrota democrata no Legislativo

Eleições legislativas estão agendadas para novembro; vice-presidente diz que correligionários vão surpreender

EFE |

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, diminuiu hoje a importância das previsões sobre uma derrota eleitoral democrata nas eleições legislativas de novembro ao prever que seus correligionários surpreenderão todo mundo.

Suas declarações à rede de televisão ABC ocorrem após o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, dizer recentemente que há cadeiras suficientes em jogo na Câmara de Representantes para que os republicanos tomem o controle da mesma. "Não acho que as perdas vão ser más em absoluto", disse Biden hoje, que acrescentou: "Acho que vamos impressionar todo mundo".

O número dois da Casa Branca afirmou estar "convencido" de que quando os eleitores analisarem as conquistas do Governo de Barack Obama "e as compararem com a alternativa" a balança se inclinará claramente para o lado democrata.

 Para ele, seu partido sairá em "plena forma" do pleito legislativo. "As eleições são em novembro e vamos ter de explicar claramente nossos argumentos, e acho que seremos capazes de fazê-lo", disse Biden."Vamos ganhar na Câmara de Representantes e vamos ganhar no Senado", concluiu.

    Leia tudo sobre: bideneua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG