Biden faz discurso emocionado em sua despedida do Senado

Washington, 15 jan (EFE).- O senador democrata Joe Biden, que, na próxima terça-feira, tomará posse como vice-presidente dos Estados Unidos, fez hoje uma emocionante mensagem de despedida no plenário do Senado, após 36 anos de carreira pública.

EFE |

"O Senado dos EUA foi minha vida... e embora esteja renunciando hoje, sempre serei um homem do Senado. Com exceção do título de 'pai', não há nenhum outro título, incluindo o de vice-presidente, do qual me orgulhe mais do que o de senador dos EUA", disse Biden, visivelmente emocionado.

Durante um discurso de quase 40 minutos, Biden pediu aos parlamentares que criem uma nova geração de "gigantes" no Senado, que consigam trabalhar de forma bipartidária e que promovam a "mudança" e o "progresso" dos quais o país tanto precisa.

No pronunciamento, Biden fez rir democratas e republicanos ao lembrar como chegou ao Senado, primeiro como turista em 1963, quando um policial o deteve depois que ele se sentou em um assento importante do plenário da Câmara Alta, e depois, em 1973, já como senador eleito.

"Comecei minha carreira aqui e, embora possa já não ser um jovem, continuo emocionado nesta Câmara", afirmou Biden, de 67 anos.

Quando assumir como vice-presidente dos EUA, Biden terá que voltar ao Senado quando precisar resolver um impasse ou promover a agenda legislativa da Administração Obama.

A renúncia de Biden à cadeira por Delaware vigorará a partir das 20h (de Brasília) de hoje.

Ele será substituído por seu assessor, Ted Kaufman, durante uma cerimônia no plenário do Senado nesta sexta-feira. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG