Biden é recebido com festa em Pristina

Pristina, 21 mai (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chegou hoje a Pristina, onde foi recebido com entusiasmo por centenas de albano-kosovares, dentro de seu giro pelos Bálcãs.

EFE |

Biden permanecerá um dia na ex-república sérvia, que em fevereiro de 2008 declarou de forma unilateral sua independência, contra a rejeição da Sérvia mas apoiada pelos EUA.

O vice-presidente americano é considerado no Kosovo um herói, já que impulsionou durante anos a diplomacia americana contra o autoritário ex-presidente sérvio Slobodan Milosevic e a favor de uma independência kosovar.

Biden foi recebido no aeroporto de Pristina pelo ministro de Exteriores kosovar, Skender Hyseni, e em seguida foi de helicóptero ao centro da cidade.

Centenas de albano-kosovares foram ao aeroporto da capital para receber o vice-presidente americano.

O primeiro-ministro do Kosovo, o ex-líder guerrilheiro Hashem Thaçi, disse antes da chegada de Biden que sua visita é "histórica" para a pequena república, considerada uma das mais pobres da Europa.

A imprensa local também festeja hoje a visita de Biden, e muitas das manchetes dizem que "nosso homem chegou a Pristina".

Além disso, vários jornais publicaram hoje diferentes artigos escritos por Biden nos quais defende e exige a independência do Kosovo.

O vice-presidente se reunirá hoje com toda a cúpula kosovar, incluindo o presidente Fatmir Sejdiu, quem lhe entregará a mais alta condecoração local, a "Medalha de Ouro da Liberdade".

A independência do Kosovo foi reconhecida até agora por 60 países, entre eles EUA, Japão e a maioria dos países da União Europeia (UE).

Em discurso ao Parlamento da Bósnia, Biden chegou a dizer esta semana que a independência do Kosovo é "irreversível".

No entanto, a Sérvia continua lutando contra a independência de sua província, com um processo no Tribunal Penal Internacional, que determinará nos próximos meses a legalidade da proclamação unilateral de soberania do Kosovo. EFE am/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG