Biden diz que Israel deve apoiar criação de Estado palestino

Washington, 5 mai (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse hoje que Israel deve incentivar um acordo de paz que envolva a criação de um Estado palestino, algo que, segundo ele, exige pôr fim aos assentamentos judaicos.

EFE |

"Israel tem que trabalhar com a solução de dois Estados", afirmou hoje Biden em discurso ao grupo de pressão pró-israelense Aipac na capital americana.

"Vocês não vão gostar que eu diga isto, mas não construam mais assentamentos, derrubem os que já existem e permitam o livre trânsito dos palestinos", acrescentou o vice-presidente.

As palavras de Biden coincidem com a visita a Washington do presidente israelense, Shimon Peres, que se reúne hoje com seu colega americano, Barack Obama, para tratar, entre outros assuntos, do processo de paz entre israelenses e palestinos e o programa nuclear iraniano.

Durante uma visita feita hoje ao Capitólio, onde se reuniu com diversos legisladores, Peres afirmou que "a principal consideração estratégica" de seu país é a relação com os EUA.

Biden insistiu, por sua vez, em que os Estados Unidos nunca abandonarão seu compromisso com a segurança israelense.

"Isso não é negociável", afirmou, para acrescentar que a intenção do Governo de Obama de estabelecer um diálogo com o Irã não porá em perigo a segurança de Israel.

Peres dedicou boa parte de sua vida política à obtenção de uma solução ao conflito no Oriente Médio que leve à criação de um Estado palestino.

Já o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que chegou ao poder após eleições em fevereiro, não se pronunciou até o momento de forma favorável em relação a um Estado palestino.

Além disso, Biden exigiu durante seu discurso a libertação do soldado israelense capturado por milícias palestinas na Faixa de Gaza desde junho de 2006.

"Exigimos a libertação imediata e incondicional de Gilad Shalit, após três anos de cativeiro. Isto não é aceitável", afirmou o vice-presidente. EFE tb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG