Biden destaca desejo de Obama de melhorar relações com A.Latina

Viña del Mar (Chile), 28 mar (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, expressou aos líderes da América Latina a intenção do presidente americano, Barack Obama, de colaborar com a região e buscar, juntos, uma saída para a crise econômica mundial.

EFE |

Biden participará hoje da 6ª Cúpula de Líderes Progressistas, realizada em Viña del Mar, 125 quilômetros ao oeste de Santiago. Na véspera, o vice americano se reuniu com os presidentes do Uruguai, Tabaré Vázquez, e da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner.

Após o encontro, Vázquez destacou "o franco desejo e a mais manifesta das intenções de melhorar o relacionamento com a América Latina" transmitido por Biden.

Após ressaltar a necessidade de abrir uma nova relação baseada no respeito mútuo e em um diálogo "franco e produtivo", o líder do Uruguai ressaltou que o Governo de Obama também "quer dar um novo impulso, uma nova característica, novas direções" ao relacionamento com a América Latina.

A intenção de iniciar uma nova era nas relações também foi abordada na "excelente" reunião de mais de uma hora que a presidente argentina manteve na véspera com o vice americano, na qual debateram sobre a crise financeira, informou à imprensa o embaixador argentino em Washington, Héctor Timerman.

"Foi um encontro com muito conteúdo, porque houve muitas coincidências em como a crise que afeta o mundo deve ser enfrentada", ressaltou o diplomata.

O ministro das Relações Exteriores argentino, Jorge Taiana, anunciou que os dois políticos teriam um novo contato durante a conferência de Viña del Mar.

Na primeira visita à América Latina, o vice americano também manteve encontros com o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, e a presidente chilena, Michelle Bachelet.

Esta última reunião ocorreu no marco de uma visita oficial ao fim da cúpula progressista. EFE mf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG