Biden declara que economia americana está pior que o estimado

O vice-presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou em sua primeira entrevista após as eleições de 4 de novembro que a economia americana está em um estado muito pior do que se imaginava, e que será crucial elaborar um segundo plano de reativação para se evitar uma derrocada.

AFP |

"A economia está muito pior do que imaginávamos", declarou Biden durante o programa "This Week", que será transmitido neste domingo pela rede ABC.

Biden, que assumirá no dia 20 de janeiro, estimou ser necessário lançar um segundo plano de reativação para se evitar que a economia americana entre em "colapso, pura e simplesmente".

"Haverá um grande investimento, de 600 bilhões de dólares ou mais, talvez 700 bilhões, um valor que, seguramente, ninguém pensava há um ano".

O futuro vice dos EUA destacou que a administração de Barack Obama tem como prioridade absoluta a criação de empregos e os investimentos em infra-estrutura, e que outros objetivos sobre política externa e interna dependerão completamente da recuperação econômica.

"O mais importante para a nova administração (...) é deter esta hemorragia e acabar com a redução de postos de trabalho", afirmou Biden.

fgf/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG