BID atinge valor recorde de empréstimos em 2007: USD 9,6 bilhões

O Banco Interamericano de Desenvolvimento atingiu um valor recorde de empréstimos aprovados em 2007, que chegou a 9,6 bilhões de dólares, e uma quantia máxima de dinheiro entregue em quatro anos, tendo desembolsado no ano passado 7,6 bilhões, anunciou em seu relatório anual divulgado neste domingo.

AFP |

De acordo com o Banco, do total de créditos aprovados por sua direção, 9 bilhões corresponderam a empréstimos e garantias concedidas pelo BID, 470 milhões foram concedidos pela Corporação Interamericana de Investimentos (CII) que faz parte do Grupo BID, outros 135 milhões corresponderam ao Fundo Multilateral de Investimentos (FOMIN) e 100 milhões foram doações.

Desse total, no ano passado o BID desembolsou cerca de 7,6 bilhões de dólares, anunciou a entidade em um comunicado que acompanha o lançamento de seu informe anual 2007 em ocasião de sua assembléia realizada em Miami.

A maior parte dos créditos concedidos pelo BID tem como destino as áreas de infra-estrutura e melhoria da competitividade, ressaltou o banco. Outros 30% do dinheiro entregue estão destinados ao combate direto à pobreza na América Latina e no Caribe.

No total, 20 empréstimos têm como destino a proteção ou recuperação do meio ambiente, por um valor de cerca de 1,1 bilhão de dólares.

O BID está se tornando um "sócio indispensável dos governos, das empresas e das instituições internacionais que apóiam a região da América Latina e do Caribe", afirmou o presidente da instituição, Luis Alberto Moreno, citado em um comunicado que acompanha a divulgação do relatório.

mr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG