Biblioteca do Congresso dos EUA adquire todos os arquivos do Twitter

A Biblioteca do Congresso americano afirmou, nesta quarta-feira, que adquiriu todo o arquivo do Twitter e que arquivará todas as mensagens enviadas desde o início do serviço, em março de 2007. O anúncio foi feito no perfil e no blog oficial da instituição, que veiculou a mensagem a Biblioteca do Congresso adquiriu todo o arquivo do Twitter.

BBC Brasil |

"Todos os 'tweets' (mensagens de até 140 caracteres postados no site) que foram difundidos publicamente no Twitter desde seu início serão arquivados eletronicamente na Biblioteca do Congresso", diz o comunicado.

De acordo com Matt Raymond, encarregado da Biblioteca, isso representa "muitos tweets".

Segundo ele, o Twitter processa mais de 50 milhões de mensagens todos os dias, com o total chegando a bilhões.

A Bibliteca afirmou ainda que o objetivo da aquisição seria a pesquisa.

Entre as mensagens consideradas históricas e que ficarão arquivadas está a primeira da história da rede social, realizada pelo fundador do Twitter, Jack Dorsey, e a do presidente americano, Barack Obama, anunciado sua eleição à Presidência, em 2008.

O Twitter, sediado na cidade americana de San Francisco, tem mais de 100 milhões de usuários registrados. Entre 2009 e 2010, a empresa aumentou seu número de funcionários de 25 para 175.

O Twitter permite que seus usuários publiquem mensagens curtas, de até 140 caracteres e se tornou uma das redes sociais mais populares do mundo, ao lado do Facebook.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG