Biblioteca com nome de ex-chefe das Farc será inagurada na Venezuela

Caracas, 8 mar (EFE).- Uma populosa comunidade do estado venezuelano de Aragua, próximo a Caracas, deve inaugurar uma biblioteca com o nome do guerrilheiro Manuel Marulanda Vélez, ex-chefe das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), afirmou hoje a emissora de televisão Globovisión.

EFE |

"Na comunidade Los Bagres da região dos vales de Tucutunemo, no estado de Aragua, será inaugurada uma biblioteca pública com o nome de 'Manuel Marulanda Vélez', em homenagem ao ex-comandante e membro fundador, desde 1964, da guerrilha das Farc na Colômbia", assegurou a emissora, de linha editorial crítica à gestão do presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

A "Globovisión" lembra que diversas organizações da esquerda da Venezuela inauguraram em um populoso bairro de Caracas um busto de "Marulanda", também apelidado de "Tirofijo" e cujo nome de batismo é Pedro Antonio Marín, que morreu em março de 2008.

O busto de "Marulanda" foi inaugurado em 26 de setembro de 2008 por membros da Coordenadoria Simón Bolívar (CSB) no populoso bairro 23 de Enero, no oeste de Caracas, em uma praça que também ganhou o nome do guerrilheiro.

Segundo a "Globovisión", o nome que será dado à biblioteca é uma "iniciativa de uma Comissão da Biblioteca Nacional, proveniente de Caracas".

O canal de TV diz que a biblioteca funcionará na antiga sede do Conselho Comunal de Los Bagres, cujos moradores "aceitaram que se chame 'Manuel Marulanda Vélez' por considerá-lo 'um verdadeiro revolucionário'". EFE ar/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG