Bíblia ainda não foi traduzida para 4.500 idiomas

Cidade do Vaticano, 14 out (EFE).- A Bíblia foi traduzida até o momento para 2.

EFE |

454 idiomas e, embora seja o livro mais divulgado do mundo, ainda falta traduzir a obra para 4.500 línguas, informou hoje o bispo italiano Vincenzo Paglia, presidente da Federação Bíblica Católica.

Paglia, bispo de Terni, deu essas informações durante o ato no qual a Federação Bíblica Católica e as Sociedades Bíblicas (protestantes) assinaram um acordo no Vaticano para favorecer a tradução e difusão da Bíblia.

O bispo de Terni afirmou que, apesar do trabalho realizado ao longo dos anos para traduzir a Bíblia, ela foi traduzida integralmente apenas em 438 idiomas.

O Novo Testamento foi traduzido em 1.168 línguas e alguns livros, como os Evangelhos e os Salmos, foram traduzidos em 848 idiomas.

O bispo católico lembrou que, em 1968, foram redigidos os princípios comuns de colaboração ecumênica para a tradução da Bíblia, e que cada vez mais as traduções protestantes são utilizadas pelos católicos, e vice-versa.

Paglia ressaltou que as Sociedades Bíblicas distribuíram em 2006 quase 26 milhões de bíblias, "o que representa - disse - que só alcançaram 1% ou 2% dos 2 bilhões de cristãos". EFE JL/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG