Betancourt: Reconciliação de Uribe e Chávez é uma esperança para reféns

Paris, 13 jul (EFE).- A ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt considerou hoje que a reconciliação entre os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Colômbia, Álvaro Uribe, é uma bênção para todos seus compatriotas e uma imagem de esperança para os reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

EFE |

"Estou muito confiante em que, em breve, vamos conseguir resultados positivos", disse Betancourt, que estava acompanhada pelo presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, com quem se reuniu na Embaixada da Espanha em Paris.

Sobre os ganhos eleitorais que Uribe poderia obter com a recente libertação, Betancourt considerou que é "justo" que obtenha juros políticos por ela.

"A Deus o que é de Deus e a César o que é de César", disse.

Segundo ela, é preciso considerar que os colombianos têm capacidade para analisar o que aconteceu, e que na Colômbia há uma democracia sólida na qual as instituições funcionam e a Justiça é independente.

Após mostrar sua total confiança no fortalecimento da democracia colombiana, insistiu em que, se Uribe se beneficiar politicamente do "êxito maior" que conseguiu, é "justo". EFE nl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG