Betancourt pede a Rafael Correa compromisso por reféns das Farc

A ex-refém das Farc Ingrid Betancourt pediu nesta quinta-feira ao presidente do Equador, Rafael Correa, que deixe de lado as diferenças com o governo de Alvaro Uribe e ajude a negociar a libertação dos seqüestrados que ainda estão em poder da guerrilha.

AFP |

"A única coisa que posso dizer ao presidente Correa é que tenha a consciência de que ainda há seqüestrados na selva. É uma consciência que deve nos levar a um comprometimento", afirmou Betancourt.

O governo de Correa anunciou nesta quinta-feira que manterá a interrupção das relações com Bogotá, apesar do pedido feito pela ex-refém.

Durante a entrevista coletiva, realizada na sede da embaixada francesa em Bogotá, Betancourt fez um apelo pela busca do "entendimento, porque nossa história é unida mas precisa de pessoas que tenham um compromisso de criar canais de comunicação".

"Os presidentes não atuam a título pessoal, representam os interesses de um país. E a mensagem é que os colombianos, nós, o povo colombiano, não queremos a inimizade do povo do Equador nem da Venezuela. O que aconteceu ontem deve servir para melhorar nossas relações".

sab/ap/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG