Betancourt pede à América Latina lutar contra tráfico de armas e drogas

A ex-refém franco-colombiana das Farc, Ingrid Betancourt, pediu nesta sexta-feira aos países latino-americanos que lutem contra o tráfico de drogas e armas com os quais se alimenta o terrorismo e o sequestro.

Redação com agências internacionais |

Acordo Ortográfico "A droga produzida na Colômbia e em outras regiões não pode transitar" pela América Latina "porque é da riqueza que gera que se alimenta o terrorismo", disse Betancourt.

As afirmações foram feitas por ela ao receber o prêmio Príncipe de Asturias da Concórdia em cerimônia no teatro Campoamor de Oviedo (Astúrias, norte de Espanha). Betancourt recebeu o prêmio das mãos do herdeiro da Coroa espanhola, o príncipe Felipe de Borbón.

"Pedimos que nossos povos detenham o tráfico de armas porque essas mesmas armas são utilizadas contra nossa população, para tirar a vida e a liberdade de nossos seres queridos", acrescentou a ex-candidata presidencial colombiana, num discurso no qual não pôde evitar as lágrimas.

A Fundação Príncipe de Asturias deu o Prêmio da Concórdia à ex-candidata à Presidência da Colômbia e refém das Farc por sua 'força, dignidade e valentia' ao enfrentar o sequestro.

"Ingrid Betancourt personifica todos aqueles que, no mundo, estão privados da liberdade pela defesa dos direitos humanos e a luta contra a violência terrorista, a corrupção e o narcotráfico", assinalou o júri em um comunicado divulgado em setembro, quando o prêmio foi anunciado.

Betancourt, 46, foi refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) por seis anos e foi libertada em julho, graças a uma operação cinematográfica, na qual militares colombianos fingiram ser agentes humanitários.

Desde então, ela virou um símbolo das centenas de pessoas que continuam sequestradas na Colômbia. Betancourt não descarta uma volta à política, mas garante que sua prioridade, agora, é trabalhar pela libertação de outros reféns em seu país e no mundo todo.

Com informações da AFP e da Reuters

    Leia tudo sobre: ingrid betancourt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG