Betancourt e mais 14 reféns das Farc são resgatados

A política de origem franco-colombiana Ingrid Betancourt, há seis anos mantida em cativeiro pelas Farc, foi libertada nesta quarta-feira pelo Exército colombiano, junto com outros 14 reféns, entre eles os americanos Marc Gonsalves, Thomas Howes e Keith Stansell, anunciou o ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos.

AFP |

"Foram resgatados sãos e salvos 15 dos seqüestrados nas mãos das Farc. Entre os seqüestrados, estão Ingrid Betancourt, os três cidadãos americanos e 11 membros da nossa força pública", confirmou Santos.

Nesse momento, os resgatados estão sendo transferidos para a base militar de Tolemaida (centro).

Um funcionário do aeroporto de San José del Guaviare disse por telefone à AFP que viu os reféns quando desciam de dois helicópteros militares e tomavam um avião da Força Aérea.

De acordo com o ministro, o resgate, resultado de uma operação de inteligência graças à qual o governo se infiltrou no secretariado, ou cúpula de comando, da guerrilha, ocorreu em uma zona selvagem do departamento de Guaviare, no sudoeste da Colômbia.

"Por meio de diferentes procedimentos, também foi possível se infiltrar no secretariado. Como os seqüestrados estavam divididos em três grupos, conseguiu-se que se reunissem em um único local e, depois, facilitou-se seu traslado para o sul do país para que, supostamente, passassem diretamente às ordens de Alfonso Cano, o atual líder da guerrilha", explicou Santos.

"Continuaremos trabalhando pela libertação dos demais reféns. Apelamos aos atuais chefões das Farc para que libertem os outros e não sacrifiquem seus homens", disse Santos, em entrevista à imprensa na sede do Ministério da Defesa, em Bogotá.

A libertação ocorreu a 72 km da cidade de San José del Guaviare, capital do departamento, em uma operação realizada pela divisão de elite das Forças Armadas colombianas, acrescentou o ministro.

Na operação, foram capturados vários guerrilheiros, incluindo um chefe das Farc conhecido apenas como César, afirmou Santos.

"Sou a mulher mais feliz do mundo ao saber da libertação dos seqüestrados, entre eles um familiar meu. Espero que as Farc compreendam que devem libertar todos os reféns", comemorou Miriam Turriago, sogra do policial John Jairo Durán, um dos resgatados, segundo a lista divulgada por Santos.

O ministro do Interior, Fabio Valencia, declarou à imprensa que a libertação desses reféns "demonstra, novamente, o êxito da estratégia de Segurança Democrática do governo do presidente (Alvaro) Uribe".

Betancourt foi seqüestrada em 2002 pelos rebeldes das Farc, durante sua campanha à presidência. Já os três americanos foram feitos reféns em fevereiro de 2003, quando o avião com o qual realizavam tarefas antidrogas nas selvas de Caquetá (sudeste) caiu em território sob controle rebelde.

Para entregar um grupo de pelo menos 39 reféns, entre eles Betancourt e os três americanos, as Farc exigiam a libertação de 500 rebeldes presos.

pro-hov/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG