Betancourt diz ter aprovado agressão de Zidane a jogador italiano

Paris, 10 jul (EFE).- A ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt disse hoje que aprovou a cabeçada do jogador francês Zinedine Zidane no zagueiro italiano Marco Materazzi na final da Copa do Mundo de 2006.

EFE |

Na partida, o jogador da Itália ofendeu o então camisa dez da França, que reagiu dando uma cabeçada no peito do adversário.

Zidane, que fazia sua última partida na carreira, levou um cartão vermelho pelo lance.

"Adorei a cabeçada de Zidane", disse Betancourt em entrevista publicada na edição desta semana da revista "Paris Match".

A ex-candidata também disse que "teria feito algo parecido" se estivesse no lugar do meia francês. Além disso, afirmou que a final da Copa dividiu a torcida no cativeiro.

"Essa Copa do Mundo não deixou de dar problemas no acampamento.

Havia os pró-Ingrid, ou seja, os pró-franceses, e os que torciam para a Itália", disse.

Ingrid Betancourt foi resgatada na quarta-feira passada em uma operação do Exército colombiano após ficar seis anos em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). EFE jaf/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG