se agarrar a Deus - Mundo - iG" /

Betancourt diz a soldado israelense em cativeiro para se agarrar a Deus

A ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) Ingrid Betancourt, libertada em julho passado, após seis anos de cativeiro, aconselhou nesta sexta-feira o soldado israelense Gilad Shalit, seqüestrado em Gaza desde 2006, que se agarre à mão de Deus e não a solte.

AFP |

Acordo Ortográfico


Em entrevista divulgada nesta sexta-feira pelo segundo canal de TV israelense, Betancourt foi questionada sobre o que diria ao soldado, que tem 22 anos, se ele pudesse ouvi-la.

"A primeira coisa que eu lhe diria é que se agarre à mão de Deus e não a solte. Tem de saber que Deus está lá", afirmou Betancourt.

"Às vezes, não sabemos o motivo pelo qual devemos viver o que vivemos, mas é Sua vontade e Ele sempre faz o que é bom. Qualquer coisa que você viva é algo que fará o bem na Terra. Ainda não sabemos qual, mas você verá depois", continuou a franco-colombiana. "Tudo ficará bem, ele será libertado."

Gilad Shalit, que também tem nacionalidade francesa, foi seqüestrado em junho de 2006, durante um ataque na Faixa de Gaza, por um comando palestino.

Leia mais sobre Ingrid Betancourt

    Leia tudo sobre: betancourt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG