Betancourt aceitou convite para visitar Brasil, diz senador Pedro Simon

BRASÍLIA - O senador Pedro Simon afirmou nesta quarta-feira que Ingrid Betancourt, ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), aceitou o convite para visitar o Brasil, o que possivelmente acontecerá em agosto.

Redação com agências internacionais |

"A senadora Betancourt respondeu a carta que enviamos dizendo que está disposta a nos visitar no Senado do Brasil", declarou Simon (PMDB-RS) de Paris, em conversa telefônica com a agência ANSA.

"É muito importante que ela tenha mostrado formalmente a sua disposição de viajar ao Brasil. Acredito que é um passo para que possamos tratar da situação na Colômbia", acrescentou.


Ingrid Betancourt foi resgatada das Farc após 6 anos presa / Arquivo

Betancourt enviou uma carta à embaixada brasileira em Paris na qual manifestou o "desejo de aceitar o convite" para viajar ao Brasil.

A ex-candidata à presidência da Colômbia não precisou a data da possível visita, mas expressou a sua intenção de realizá-la ao embaixador brasileiro na França, José Maurício Bustani.

Pedro Simon se reuniu com Bustani em Paris e agradeceu a sua colaboração nas mediações com Betancourt, de nacionalidade franco-colombiana, que permaneceu mais de seis anos seqüestrada pelas Farc.

"A carta de Ingrid Betancourt e a reunião do presidente Lula com o presidente (Álvaro) Uribe são acontecimentos importantes", declarou o parlamentar.

Lula e Uribe se encontraram no fim de semana passado em Bogotá e Letícia, cidade colombiana na fronteira com o Brasil.

Simon assegurou que "há um clima favorável" para "buscar caminhos, ou demandas que favoreçam o início de uma aproximação para chegar a uma solução sobre o tema dos reféns na Colômbia".

Leia mais sobre Ingrid Betancourt

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG