Berlusconi volta a defender presidencialismo na Itália

Roma, 23 mar (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, insistiu hoje em sua ideia de introduzir no país a eleição direta do chefe de Governo ou do chefe de Estado, e assegurou que proporá a troca do sistema parlamentarista pelo presidencialismo até o fim de seu mandato.

EFE |

Berlusconi, que por telefone participou hoje de um programa da TV estatal "RAI", explicou que, nos próximos três anos, "se dirigirá aos italianos para sondar se querem a eleição direta do presidente da República ou chefe do Governo".

A introdução do presidencialismo, acrescentou Berlusconi, está entre as propostas do programa de Governo que o fez ganhar as eleições em 2008.

Para Berlusconi, o presidencialismo seria "um enriquecimento da vida democrática do país", segundo uma entrevista publicada hoje pelo "La Stampa". EFE ccg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG