Berlusconi reencontra a mulher para dar entrada em divórcio

Roma, 31 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, voltou a encontrar a mulher, Veronica Lario, para que ambos dessem entrada no pedido de divórcio, informa hoje o jornal Corriere della Sera.

EFE |

Os dois, que não se viam há nove meses, passaram cerca de 20 minutos juntos diante do juiz que tratará da separação do casal.

O encontro de Berlusconi com a segunda esposa, ocorrido ontem, foi o primeiro desde que ela decidiu se separar, motivada pelas notícias de que o primeiro-ministro teria um caso com uma jovem de 18 anos e promovia orgias em uma de suas propriedades.

Segundo o "Corriere della Sera", Veronica fundamentou o pedido de divórcio nas traições do marido. Já os advogados de Berlusconi estariam preparando uma documentação que provaria a infidelidade da ex-atriz.

A próxima audiência do caso será em março, quando os advogados de ambas as partes apresentarão a partilha dos bens.

O acordo entre as partes, porém, parece distante. O "Corriere della Sera" diz que Veronica pede uma pensão compensatória de 3,5 milhões de euros ao mês, enquanto Berlusconi oferece 200 mil euros.

Para evitar pagar a quantia requisitada pela ex-atriz, os advogados de Berlusconi apresentaram ao juiz documentos que detalham as várias mansões e contas correntes com as quais o primeiro-ministro presenteou a mulher em 19 anos de casamento e em 30 de convivência.

Além disso, destaca a publicação, Berlusconi já teria depositado entre 60 e 70 milhões de euros nas contas de Veronica para ajudar na criação dos três filhos nascidos do casamento. EFE ccg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG