subversiva na Itália - Mundo - iG" /

Berlusconi reclama de campanha subversiva na Itália

ROMA (Reuters) - O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, declarou neste sábado ser vítima de uma campanha de subversão ligada às especulações sobre a sua relação com uma modelo de 18 anos e ao suposto uso particular de aviões oficiais. O empresário de mídia de 72 anos, do partido de centro-direita Povo da Liberdade, disse numa reunião de líderes empresariais que a campanha tem como objetivo subustituí-lo por alguém que não havia sido escolhido pelos eleitores.

Reuters |

"Derrubar um premiê eleito democraticamente com o voto dos italianos e colocar no lugar alguém não-eleito: se isso não é subversão, o que é?", indagou Berlusconi, sem entrar em detalhes.

A campanha para os pleitos locais e europeu da semana passada foi dominada pela vida privada do premiê, depois que a sua mulher pediu divórcio e o acusou de "frequentar menores".

Os partidos de centro-direita mantiveram o controle do Parlamento Europeu numa eleição que poupou a maioria dos governos nacionais europeus de grandes derrotas, apesar da insatisfação gerada com a crise econômica.

Berlusconi negou haver tido relações sexuais com Noemi Letizia, de 18 anos, mas ficou na defensiva depois que fotos de mulheres tomando sol de topless numa propriedade sua vieram a público. Houve também alegações de que ele usa aviões oficiais para transportar os seus convidados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG