Roma, 10 ago (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, fez hoje críticas à RAI e a qualificou de única televisão estatal que é contra o próprio Governo.

"Sobre a 'RAI', tive a oportunidade de dizer o que a maioria dos italianos pensa, ou seja, que é inaceitável que a televisão pública (da Itália), mantida com o dinheiro de todos, seja a única televisão pública que sempre está contra o Governo", disse à rádio "Uno".

"A esquerda, que esteve no poder, deveria reconhecer que este Governo diz que a 'RAI' não deve atacar ninguém, nem Governo, nem oposição", acrescentou.

O primeiro-ministro é proprietário do grupo Mediaset, que controla os três principais canais audiovisuais privados da Itália.

Para ele, a "RAI" deveria fazer uma televisão de "serviço público", com informação e entretenimento.

O jornal "La Repubblica" foi outro alvo de comentários de Berlusconi, para quem a publicação é muito crítica com seu Governo e os escândalos que envolvem seu nome. EFE.

mcs/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.