Berlusconi quer incluir emergentes no G8, entre eles o Brasil

Paris, 24 fev (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, quer aproveitar a Presidência de seu país no G8 este ano para fazer uma reforma e associar de forma estruturada as grandes economias emergentes, incluindo o Brasil.

EFE |

Em entrevista publicada hoje pelo jornal francês "Le Figaro", Berlusconi explica que "a Itália quer que o G8 seja mais representativo e mais concreto para ser mais eficaz", para o qual "deve abrir-se às economias emergentes e dialogar com o mundo mais pobre".

Sua proposta é "uma associação mais estruturada e mais estável do G8 com os países do G5 (China, Índia, Brasil, México e África do Sul) assim como com o Egito, como representante do mundo árabe, muçulmano e africano". EFE ac/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG