Berlusconi promete tirar lixo das ruas de Nápoles em três dias

Protestos de moradores contra construção de novo aterro sanitário fizeram premiê italiano congelar projeto

iG São Paulo |

Em meio a protestos de moradores da região de Nápoles contra a construção de um novo aterro sanitário, o premiê italiano, Silvio Berlusconi, prometeu que a cidade será limpa em três dias. Nápoles está tomada pelo lixo devido às manifestações dos habitantes da região contra a abertura de um novo aterro sanitário.

"Daqui a três dias, não haverá mais lixo em Nápoles", afirmou Berlusconi, depois de visitar um incinerador de lixo em Acerra, perto de Nápoles, na quinta-feira.

O chefe do governo, acompanhado do diretor da Defesa Civil, Guido Bertolaso, encarregado de solucionar o problema, também participou de um encontro com autoridades locais.

Nas últimas semanas, a cidade de Terzigno, próxima a Nápoles, foi palco de violentos distúrbios entre a polícia e moradores, contrários ao aterro sanitário. No domingo, milhares de pessoas protestaram pacificamente perto de Terzigno para pedir o fechamento de um lixão a céu aberto local.

Em resposta ao protesto, Berlusconi disse que o projeto de abertura de um novo aterro, em Cava Vitiello, está "congelado". "Em relação a Cava Vitiello, qualquer decisão está suspensa até segunda ordem", disse. O premiê, no entanto, afirmou que não há outra alternativa para o lixo da região se não o aterro sanitário, mas disse que dentro de dez dias voltará para verificar a situação e se reunir com todos os prefeitos.

*Com AFP

    Leia tudo sobre: lixonápolesitáliasilvio berlusconiaterro sanitário

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG