Varsóvia, 29 abr (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, fez hoje uma chamada à colaboração de outros países para reconstruir as igrejas danificadas ou destruídas pelo terremoto que atingiu LAquila, e informou que haverá um reconhecimento especial para os que ajudarem na reconstrução.

Berlusconi lembrou os danos desse terremoto em seu discurso no congresso extraordinário do Partido Popular Europeu, em Varsóvia, para preparar as eleições européias de 7 de junho.

O premiê italiano iniciou seu discurso agradecendo pela solidariedade transmitida pelos colegas do PPE após o terremoto, e ressaltou que, apesar das várias vítimas fatais, as previsões iniciais eram ainda muito piores.

O chefe do Governo italiano afirmou que cerca de 100 igrejas foram afetadas parcial ou totalmente pelo terremoto, e disse que aceitava que cada país que desejasse assumisse a reconstrução de uma delas.

Os países que contribuírem para essa reconstrução contarão com uma placa na nova edificação, na qual se expressará o agradecimento do povo italiano por essa ajuda.

Berlusconi disse que cumprirá seu compromisso de que, antes da chegada do inverno (hemisfério norte), tenham sido reconstruídas também as casas das pessoas que perderam seus lares por causa do terremoto. EFE BB/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.