Berlusconi inicia visita oficial a Israel e Cisjordânia

JERUSALÉM - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, iniciará nesta segunda-feira uma visita oficial de três dias a Israel e ao território palestino da Cisjordânia.

EFE |

Acompanhado por sete ministros de seu governo, Berlusconi será recebido no aeroporto Ben Gurion, próximo a Tel Aviv, pelo ministro de Assuntos Exteriores israelense, Avigdor Lieberman.

O primeiro-ministro de Israel, Benyamin Netanyahu, presidirá uma cerimônia de boas-vindas ao colega italiano, com quem se reunirá e jantará nesta noite em Jerusalém.

Entre outras atividades, Berlusconi plantará nesta segunda-feira uma árvore em uma área do Fundo Nacional Judeu e visitará o Museu do Holocausto, no qual serão guiados pelo ministro da Cultura israelense, Gideon Sa'ar.

Segundo a agenda oficial, o primeiro-ministro da Itália terá encontros na terça-feira com Lieberman e com a líder da oposição e ex-ministra de Assuntos Exteriores, Tzipi Livni, além de almoçar com Netanyahu e participar de uma reunião conjunta dos gabinetes israelense e italiano.

Na quarta-feira, Berlusconi estará em uma sessão especial do Parlamento israelense (Knesset), onde visitará uma exposição de trabalhos de Leonardo da Vinci, e se encontrará com o presidente de Israel, Shimon Peres.

No mesmo dia, o primeiro-ministro segue para a cidade palestina de Belém, na Cisjordânia, para se reunir com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e com autoridades religiosas locais.

Em entrevista publicada ontem pelo jornal israelense "Ha'aretz", Berlusconi criticou a expansão de colônias israelenses sobre os territórios palestinos e convocou as duas partes a voltar para a mesa de negociações.

Leia mais sobre Berlusconi - Israel

    Leia tudo sobre: berlusconiisraelitália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG