Berlusconi impede publicação de fotos de festa

ROMA (Reuters) - O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, conseguiu impedir a publicação de fotografias de sua festa de Ano Novo depois que reportagens indicaram que entre os convidados se encontrava uma jovem que causou um escândalo por supostamente ter uma relação com ele. Fontes judiciais disseram que o líder de centro-direita de 72 anos, que nega ter um romance com Noemi Letizia, de 18 anos, argumentou que a publicação das imagens feitas por um repórter fotográfico sem sua permissão viola o direito à privacidade.

Reuters |

Um fiscal de Roma acatou o pedido e ordenou a apreensão de centenas de fotos tomadas por Antonello Zappadu, que usou lentes poderosas para fazer as imagens da festa do lado externo da residência de Berlusconi, situada na ilha mediterrânea da Sardenha.

Jornais locais informaram que inúmeras garotas estavam na festa. A vida pessoal do primeiro-ministro está sob exame público desde que ele foi fotografado na festa de aniversário de 18 anos de Letizia em Nápoles no mês passado, quando lhe presenteou um colar de alto preço. Ele afirmou que conhece há anos a família da garota.

Berlusconi negou esta semana que tenha tido um romance impróprio e disse que renunciaria se ficasse demonstrado que estava mentindo.

Sua mulher, Verónica, pediu o divórcio depois de descrevê-lo como mulherengo.

Berlusconi deu informações contraditórias sobre sua presença no aniversário de Letizia e prometeu explicar o caso no Parlamento, mas não agendou uma data para a audiência.

(Reportagem de Massimiliano di Giorgio)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG