Berlusconi espera que China favoreça retomada da Rodada de Doha

Roma, 6 jul (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disse hoje que espera uma intervenção positiva da China que permita a retomada das negociações da Rodada do Desenvolvimento de Doha, processo de liberação comercial discutido há mais de oito anos e que está paralisado há um ano.

EFE |

Berlusconi fez estas declarações em entrevista coletiva, após se reunir com o presidente da China, Hu Jintao, que está em Roma em viagem oficial e para participar da cúpula do Grupo dos Oito (G8 os sete países mais desenvolvidos e a Rússia), que será realizada na localidade de L'Aquila, entre 8 e 10 de julho.

"Espero uma particular intervenção positiva do presidente Hu no que diz respeito às negociações de Doha, cuja conclusão antes do final de 2010 seria conveniente para todos", disse o chefe do Governo italiano.

Berlusconi elogiou também a atuação da China no âmbito de política internacional e disse que esta se caracteriza por uma abertura ao diálogo "com todos e a vontade de encontrar soluções multilaterais".

O primeiro-ministro da Itália afirmou também que espera que as relações entre a China e a Itália continuem evoluindo no futuro, "apesar da crise", e elogiou como o país asiático alcançou um desenvolvimento "superior a 8%, apesar das dificuldades deste período".

Além disso, Berlusconi indicou, em referência à cúpula em L'Aquila, que a Itália pensou no "novo formato do G14, que, junto com os países do G8, inclui México, Brasil, África do Sul, China, Índia e Egito".

O primeiro-ministro ressaltou que a Itália quer "reforçar e manter" esse formato, já que "o G8 representa atualmente 50% da economia mundial e é necessário que dê lugar a um fórum maior".

"O G20 é amplo demais e, com frequência, só serve para expressar as diversas opiniões dos presentes. O G14, por outro lado, é um formato que representa 80% da economia mundial e, portanto, é necessário estruturá-lo e mantê-lo", concluiu. EFE ebp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG