Roma, 16 abr (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, declarou hoje que espera fechar os acampamentos antes que chegue o frio do outono (hemisfério norte), durante a inauguração de uma escola na localidade de Poggio Picenze, na região de Abruzzo, devastada na semana passada por um terremoto.

"A vontade do Executivo é que as primeiras famílias de desabrigados possam ter uma casa antes do verão (meados do ano)".

"O Governo não fará 'barracopólis' (cidades de barracões) nem 'tendópolis' (acampamentos de tendas de campanha) de longa duração", disse, acrescentando que, enquanto isso, o Executivo espera "encontrar alojamento em hotéis e nas casas oferecidas pelos italianos para todos os desabrigados".

O presidente italiano fez um balanço da catástrofe e disse que, dada a intensidade do terremoto, o número de vítimas fatais foi baixo.

Além disso, avaliou em 50% os edifícios que terão que ser reconstruídos.

O primeiro-ministro disse que "as necessidades dos moradores de Abruzzo, junto com a crise econômica mundial, são as principais preocupações do Governo" neste momento.

Como exemplo deste compromisso, Berlusconi disse que o Executivo adiou algumas ações políticas que seriam muito favoráveis, como a de realizar o plebiscito sobre o sistema eleitoral, que seria um primeiro passo no caminho ao bipartidarismo na Itália.

Para a reconstrução da região de Abruzzo, Berlusconi reiterou a possibilidade de que as empresas de construção de cada uma das províncias se encarreguem de uma obra concreta e, assim, se consiga "diminuir o tempo".

Também garantiu o apoio do Estado aos que decidirem reconstruir ou reestruturar sua própria casa.

Berlusconi foi a Abruzzo junto com a ministra da Educação italiana, Mariastella Gelmini, para inaugurar oficialmente a primeira escola aberta após o terremoto de 6 de abril, que deixou quase 300 mortos e milhares de desabrigados.

A escola foi instalada em três tendas de campanha azuis com alguns vasos de flores, que abriga duas salas elementares mistas e uma de maternal. EFE ebp-cps/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.