O bilionário chefe de Governo da Itália, Silvio Berlusconi, protagoniza nesta quinta-feira um novo escândalo, depois das revelações da imprensa de que pagava as jovens que compareciam às festas em suas mansões de Roma e da Sardenha.

"Lixo, mentiras", reagiu Berlusconi ao tomar conhecimento da notícia publicada pelos principais jornais do país, entre eles o La Stampa, que pertence ao grupo Fiat e segundo o qual quatro mulheres confessaram ter recebido dinheiro para passar a noite nas mansões particulares do premier.

A notícia teria sido obtida por acaso em uma investigação judicial sobre corrupção no setor de saúde da cidade de Bari, sul da Itália.

Graças a uma série de escutas telefônicas ordenadas pela justiça contra dois empresários, os irmãos Tarantini, foi possível descobrir que as belas mulheres que frequentam as festas de Berlusconi recebem em troca compensações financeiras.

Os juízes analisam a possibilidade de que o pagamento às convidadas implique o crime de "indução à prostituição", já que Giampaolo Tarantini, que conhece Berlusconi, propôs dinheiro a várias delas para que passassem a noite nas mansões do primeiro-ministro.

"Não me deixarei condicionar por estas agressões, e continuarei trabalhando como sempre pelo bem do país", afirmou Berlusconi.

O advogado de Berlusconi, Niccolo Ghedini, lemrbou que a investigação judicial não afeta diretamente o premier.

De acordo com uma das jovens, Patrizia D'Addaria, em duas ocasiões ela recebeu a promessa de receber 2.000 euros para participara em uma festa, destaca o Corriere della Sera.

Ela afirmou ainda que gravou as conversas que teve com 'Il Cavaliere' e entregou as mesmas à justiça.

"Pensar que Berlusconi paga a uma mulher 2.000 euros para que saia com ele me parece absurdo, exagerado. Acredito que poderia ter muitas mulheres de graça, sem a necessidade de pagar", comentou Ghedini.

"Berlusconi não pode saber se alguém decide, para causar uma boa impressão, se apresentar com uma bela garota", disse.

"Não pode ser envolvido, nem judicial nem moralmente, se a mulher tenta estabelecer uma relação com ele", conclui.

bur-kv/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.