ROMA - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, anunciou nesta segunda-feira que avalia a possibilidade de construir uma nova cidade ao lado de LAquila, atingida nesta madrugada por um terremoto. Na reunião desta segunda-feira, o Conselho de Ministros decidiu disponibilizar 30 milhões de euros para ajudar as vítimas do terremoto. Os recursos sairão dos fundos da Defesa Civil do país.


Em entrevista ao canal estatal de televisão RAI, Berlusconi anunciou que amanhã voltará a Abruzzo, onde ficará o dia todo para avaliar a situação da catástrofe. Até o momento, o número de mortos já passa de 150.      

O Conselho de Ministros, que se reuniu hoje em caráter extraordinário, voltará a discutir a situação da região de Abruzzo na quinta-feira, quando tentará "traçar um panorama sobre a possibilidade de destinar recursos" à reconstrução do local, segundo Berlusconi.      

"Podemos contar também com algumas centenas de milhões de euros que chegarão do fundo europeu para as catástrofes", acrescentou o primeiro-ministro.      

Leia mais sobre terremoto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.