Berlusconi diz que nunca cometeu gafes e volta a atacar imprensa

ROMA - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, assegurou que nunca cometeu gafes e que agora sente seu trabalho como um peso, em entrevista concedida nesta segunda-feira à rede de TV americana CNN.

EFE |

Reuters
Berlusconi assiste a jogo de futebol na Itália

Berlusconi assiste a jogo de futebol na Itália

O primeiro-ministro culpou os jornais por terem inventado suas supostas frases polêmicas. "Nunca cometi gafes, nem uma única vez, todas as gafes foram inventadas pelos jornais", afirmou o premiê no Palácio Grazioli, sua residência oficial de Roma.

O chefe de Governo assegurou que preferiria estar "fazendo outra coisa agora" do que ser primeiro-ministro. "Estou aqui agora, porque, infelizmente, Berlusconi é o único líder capaz de manter a centro-direita junta", afirmou.

Quanto às notícias sobre Noemi Letizia, apontada como pivô de seu divórcio, ele disse que tudo tinha sido inventado por seus inimigos da oposição e pelos jornalistas que não têm integridade.

"Acho que é vergonhoso o comportamento das pessoas que invadem a intimidade e fazem uso da esfera privada para ataques políticos", completou.

"Vou explicar exatamente qual é a situação. E terei todos os italianos do meu lado e, mais uma vez, essa acusação atuará como um bumerangue contra as pessoas que o lançaram", advertiu.

Leia mais sobre Silvio Berlusconi

    Leia tudo sobre: silvio berlusconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG