Berlusconi diz que Europa perdeu personalidade sem Blair, Aznar e Chirac

Roma, 19 jun (EFE).- O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, afirmou hoje que a Europa perdeu personalidade e protagonismo sem figuras como Tony Blair, José María Aznar e Jacques Chirac.

EFE |

Após chegar ao Governo da Itália, Berlusconi afirmou que encontrou a Europa "mudada", e disse sentir falta de ex-líderes como o britânico Tony Blair, o espanhol José María Aznar e o francês Jacques Chirac.

Com os novos líderes, "a Europa perdeu personalidade, protagonismo e deu um passo para trás", disse, durante um discurso na assembléia da associação de comerciantes Confcommercio.

O chefe do Governo italiano disse que é necessário "endireitar" a Europa e afirmou que a Itália "pedirá aos outros 26 países da União Européia que aprovem o Tratado de Lisboa", e à República da Irlanda que busque soluções ao "não" expressado pelos irlandeses.

"Aconteceu o que se temia, a rejeição dos cidadãos à Europa, porque a identificam com a Europa da burocracia, e não dos cidadãos", acrescentou.

A Câmara dos Deputados italiana debaterá em julho o projeto de lei de ratificação do Tratado de Lisboa, aprovado pelo Conselho de Ministros em 30 de maio. EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG