Berlusconi deixa hospital e vai para sua casa em Arcore

MILÃO - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, deixou nesta quinta-feira o hospital San Raffaele, em Milão, onde estava internado desde o último domingo, quando sofreu uma agressão e fraturou o nariz.

iG São Paulo |

O médico pessoal do chefe de governo italiano, Alberto Zangrillho, informou que Berlusconi "passou uma noite tranquila e sem dores", ao contrário da madrugada anterior, e irá terminar sua recuperação em sua casa na cidade de Arcore.


Berlusconi deixa o hospital com curativo no rosto / AFP

No último domingo, após um comício, o italiano Massimo Tartaglia, de 42 anos, jogou uma estatueta da Catedral de Milão contra o rosto de Berlusconi, que fraturou um osso do nariz, quebrou dois dentes e feriu o lábio superior.

O agressor foi detido por lesão corporal qualificada e encaminhado à prisão San Vittore, em Milão.

Todas as atividades previstas na agenda do primeiro-ministro foram anuladas, como a entrevista coletiva de fim de ano, assim como a visita que faria à cidade de L'Aquila, onde ia a reunir-se no dia 25 de dezembro com desabrigados vítimas do terremoto de abril.

Desde o incidente, o premiê recebeu uma série de telefonemas e mensagens de autoridades mundiais, como o presidente da França, Nicolas Sarkozy, a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, e o papa Bento 16.

AFP

Berlusconi é amparado por seguranças após ser agredido na Itália

* Com agência ANSA

Leia mais sobre Silvio Berlusconi

    Leia tudo sobre: silvio berlusconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG