Berlusconi comete nova gafe ao atender telefone na cúpula da Otan

Perturbado neste sábado na Alemanha por uma chamada telefônica no início da cúpula da Otan, apesar de ter uma boa desculpa, a de uma ligação de seu colega turco, segundo fontes italianas, Silvio Berlusconi foi fiel à sua imagem de rei das gafes protocolares.

AFP |

Ao chegar à cidade alemã de Kehl, o primeiro-ministro italiano, com celular colado ao ouvido, se recusou a avançar na direção da chanceler Angela Merkel que o esperava sobre o tapete vermelho, preferindo continuar a conversa.

Segundo fontes italianas, ele estaria falando com o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, sobre sua oposição à nomeação do primeiro-ministro dinamarquês, Anders Fogh Rasmussen, para secretário-geral da Otan.

jflm/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG