Trípoli, 30 ago (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, chegou hoje a Trípoli para comemorar, junto ao líder líbio, Muammar Kadafi , o dia da amizade italo-líbia, informou a agência oficial de imprensa líbia Jana.

Estes atos comemorativos, centrados no slogan de "amizade, companheirismo e cooperação", começaram com a inauguração de uma exposição fotográfica que lembram o período durante o qual a Itália colonizou a Líbia (1911-1943).

Em seguida, Berlusconi e Kadafi visitarão as obras de construção de uma grande estrada que o Governo líbio financiará através do acordo de cooperação e de amizade assinado entre os dois países.

No dia 31 de agosto de 2008, Berlusconi e Kadafi assinaram um tratado de amizade e de cooperação que estipulava que a Itália indenizaria a Líbia pelas mais de três décadas de ocupação colonial do país norte-africano.

Pelo acordo, a Itália se comprometerá a financiar projetos em infraestruturas e em outros muitos setores líbios por um valor próximo aos US$ 200 milhões anuais durante 25 anos.

Outro dos atos realizados hoje e ao qual assistirá o premiê italiano assistirá serão as celebrações pelo 40º aniversário da Revolução Líbia, de 1969, através da qual Kadafi chegou ao poder.

EFE sk/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.