Roma, 14 abr (EFE) - A lista conservadora liderada pelo ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, com 44,1% dos votos, abre vantagem na Câmara dos Deputados sobre a coalizão progressista de Walter Veltroni (39,9%), segundo dados oficiais do Ministério do Interior da Itália, apurados 15,6% dos sufrágios.

A lista de Berlusconi, que também está vencendo no Senado, reúne os partidos Povo da Liberdade, em coalizão com a Liga Norte, e Movimento para a Autonomia.

Já a aliança de Veltroni é formada pelo Partido Democrata e pelo Itália dos Valores.

Por legendas, o Partido Democrata é o mais votado, com 35,8% do total, seguido pelo Povo da Liberdade, que obtém 34,1%.

A federalista Liga Norte consegue 9,3% dos votos, a Itália dos Valores, 4,1%, e o Movimento para a Autonomia, 0,6%. EFE cr/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.