Berlim, 10 mar (EFE).- O Governo alemão classificou hoje como inaceitável a construção de 1.

600 casas israelenses em solo palestino e advertiu que a aprovação destas obras são um "sinal absolutamente adverso" para as negociações entre Israel e a Autoridade Nacional Palestina (ANP).

"Todos os esforços políticos devem se concentrar agora na criação de condições globais idôneas, entre israelenses e palestinos, para que se resolvam as questões centrais no conflito", disse um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores.

O anúncio da construção dos imóveis é, "tanto em seu conteúdo como no momento em que foi feito", um sinal absolutamente inoportuno, acrescentou o funcionário, que ratificou o compromisso da Alemanha no alcance de uma solução pacífica para o conflito. EFE gc/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.