Milhares de pessoas protestavam neste sábado, em Berlim, contra a organização de marcha pela extrema-direita, conseguindo atrasar seu início por várias horas." /

Milhares de pessoas protestavam neste sábado, em Berlim, contra a organização de marcha pela extrema-direita, conseguindo atrasar seu início por várias horas." /

Berlim: milhares de pessoas entram em conflito nas ruas com a extrema-direita

Milhares de pessoas protestavam neste sábado, em Berlim, contra a organização de marcha pela extrema-direita, conseguindo atrasar seu início por várias horas.

AFP |

Milhares de pessoas protestavam neste sábado, em Berlim, contra a organização de marcha pela extrema-direita, conseguindo atrasar seu início por várias horas.

Cerca de 10.000 pessoas, segundo os organizadores, participaram da contramanifestação que tentou impedir a passagem de centenas de neonazistas, sentando-se nas ruas do bairro de Prenzlauer Berg, de acordo com relato da polícia.

Entre os participantes do protesto estava o vice-presidente social-democrata (SPD) do Parlamento alemão, Wolfgang Thierse, retirado, assim como os demais militantes.

Os neonazistas só puderam começar sua marcha quase no final da tarde, e tiveram que parar várias vezes, à espera de que as ruas fossem esvaziadas.

Outros cerca de 250 manifestantes tentaram bloquear a avenida comercial de Kurfürstendamm, para deter a passagem dos neonazistas, mas muitos foram detidos pela polícia por participar de passeata não autorizada.

Em outras cidades alemãs houve, também, mobilizações contra a extrema-direita, como em Rostock (oeste) e Erfurt (leste).

hap/at/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG