Berlim confirma desaparecimento de 7 alemães no Iêmen

Berlim - O ministro de Assuntos Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, confirmou neste domingo o desaparecimento de sete alemães, que teriam sido sequestrados no noroeste do Iêmen junto a um britânico e uma coreana.

EFE |

Steinmeier assegurou também que já está em contato contínuo com as autoridades iemenitas para resolver o caso.

"Infelizmente temos que confirmar que desde ontem estão desaparecidos. Não há nenhuma novidade sobre o caso e nossa embaixada está em contato direto com as autoridades iemenitas para esclarecer a situação", afirmou o ministro.

O Ministério estabeleceu uma comissão de crise que coordena as ações, como informou Steinmeier, que como é comum no Governo alemão agiu com cautela e preferiu evitar o termo "reféns".

Segundo fontes iemenitas, o sequestro aconteceu na província de Saada, no noroeste do Iêmen e os retidos alemães são um técnico, sua mulher, três crianças e duas enfermeiras.

As autoridades locais suspeitam que por trás da ação esteja uma organização xiita que opera no norte do país.

Leia mais sobre: sequestro

    Leia tudo sobre: sequestroseqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG